Total de visualizações de página

17 de ago de 2011

STJD libera Roberto Fernandes


O dia do retorno aos treinos depois do empate com o Luverdense-MT terminou com uma notícia muito boa para o Paysandu. No final da tarde a 3ª Comissão Disciplinar do STJD (Superior
Tribunal de Justiça Desportiva) acatou o pedido do departamento jurídico do clube e concedeu efeito suspensivo ao técnico Roberto Fernandes. Semana passada ele foi punido com quatro jogos de suspensão e cumpriu um em Lucas do Rio Verde (MT). Agora, espera pelo julgamento no
Pleno do STJD Na estreia do Papão na Série C, dia 18 julho, a vitória de 1 a 0 fora de casa sobre o Araguaína-TO, Fernandes foi excluído pelo árbitro goiano Fabrício Nery Trindade, que relatou na súmula que o treinador teria dito “Manda esse corrupto, ladrão, me expulsar, se ele for homem”. Fernandes foi julgado no artigo 243-F, parágrafo primeiro, do Código Brasileiro de Jus-
tiça Desportiva (“ofender alguém em sua honra, por fato relacionado diretamente ao desporto”) e foi punido com quatro partidas de gancho e mais multa de R$ 1 mil. Entre os jogadores, a presença de Fernandes na beira do gramado no próximo sábado, em Marabá, será algo que trará apenas benefícios ao time. “É importante. Sentimos a falta dele quando não está por perto. Já trabalhei antes com o Roberto e sei como ele nos rotina bastante. A falta dele é muito sentida”, afir-mou o lateral-direito Sidny. “A gente entende menos quando está o Zé do Carmo. Vai ser bem melhor com o Roberto na beira do campo. Ele sabe mais os sinais que nós entendemos, então fica mais fácil de entender”, confirmou o meia Robinho. O volante Charles Vagner ressaltou, inclusive, a permanência do treinador no clube após o “disse e me disse” do final de semana, quando chegou a entregar o cargo por conta de uma reação exagera da do presidente Luiz Omar Pinheiro. “A gente fica um pouco intranquilo. O Roberto foi quem trouxe a maioria dos jogadores e ficamos preocupados com essa possibilidade, infelizmente quem está no futebol sabe que essas coisas acontecem, mas ainda bem que tudo deu certo”. Para o jogador, o empate no último final de semana foi encarado pelo elenco como um excelente resultado,
sem motivo para que tivesse gerado tanta ressonância negativa.

Fonte: O Liberal

Nenhum comentário: