Total de visualizações de página

30 de ago de 2011

Desgaste dos bicolores foi acima do normal

A alta temperatura ambiente e a correria intensa do jogo contra o Luverdense funcionaram como “tortura” física para os atletas do Papão. Rodrigo Pontes perdeu 3,6 quilos, correspondentes a 4% do seu peso nor-mal. Mas o maior desgaste foi de Thiago Potiguar (foto),
Rafael Oliveira e Sidny, que inclusive tiveram cãimbras (contrações involuntárias e
dolorosas da musculatura) depois dos 30 minutos do segundo tempo. Esses jogadores estão sob cuidados especiais para a recuperação metabólica. Eles e outros que jogaram os 90 minutos
só voltam a trabalhar amanhã pela manhã.Fora da próxima rodada, o Paysandu ganhou tempo para um repouso providencial. Caso contrário, haveria grande risco de lesões. O repouso será fundamental também pelo fato de o próximo jogo reservar uma fadiga ainda maior. Será em Rio Branco, no próximo dia 11, no calor infernal da tarde acreana. Um agravante para as condições climáticas é a forma como o Papão está jogando, sempre na superação, com os atletas se doando fisicamente em bravura acima do normal, para compensar a falta de padrão de jogo. Como qualquer time desarrumado, o time bicolor está suando além da cota para ser competitivo.

Fonte: O Liberal

Nenhum comentário: