Total de visualizações de página

24 de ago de 2011

Papão encara jogo decisivo

Quem chega a Curuzu nesses dias e vê os grupos de torcedores conversando pode ter a certeza que o teor das palavras é o mesmo. Para os bicolores, uma vitória do mingo sobre o Luverdense-MT no retorno ao Leônidas Castro tem mais significados que além dos números. Os três pontos não só garantiriam a manutenção entre os dois primeiros lugares mesmo, folgando na rodada seguinte, como deixaria o time com a possibilidade de decidir uma das duas vagas em casa, como mudaria substancialmente o moral da equipe. Por mais que tenha tido uma vitória emocionante sobre o Águia, o time ainda deve uma atuação empolgante para embalar rumo ao acesso. Entre os jogadores, chegou essa hora. “Encaramos esse jogo da mesma forma que a torcida. É decisivo, como uma final. É a chance de ter- m o s esse contato muito próximo com o torcedor e podemos dar uma arrancada muito grande. São vários aspectos nesse jogo, que envolve muita coisa”, confirmou Rodrigo Pontes.
“A gente necessita de uma boa apresentação dentro da nossa casa, diante do torcedor. Nada
mais propício que esse retorno à Curuzu. Particularmente, estou ansioso por esse contato. Estamos precisando de uma vitória e por isso a preocupação do Roberto nesses treinos”, completou o volante. Isso parece, de fato, ter se refletido no elen-o e na comissão técnica. As cobranças ontem não foram fortes apenas de Roberto Fernandes em relação aos atletas, mas entre eles também (ver matéria). Para quem entra em campo, o momento é o de focar ao máximo nessa
vitória. “Não tem nada perdido. O grupo é equilibrado e uma rodada muda muita coi-
sa. Não podemos nos abater e sim refletir sobre os acontecimentos. Esses pontos não voltam e temos que fazer uma nova história no próximo jogo”, comentou o centroavante
Josiel.

Fonte: O Liberal

Nenhum comentário: